quinta-feira, 13 de maio de 2010

Aprendendo a Ouvir a voz de Deus

Li este texto na Internet, e acho importante compartilhar!!
Seu conteúdo já me era familiar, mas chegou num momento em que o precisava trazer à memória.

Espero que seja tão edificante pra sua vida quanto foi para a minha.


Aprendendo a ouvir Deus

1 Sm. 3:1-21

Preciso fazer-lhes cinco perguntas:
- Você já se decepcionou porque um dia você acreditou ter ouvido Deus e não era Deus que falava com você?
- Você já se decepcionou com uma pessoa que vivia dizendo que ouvia Deus falar e você acabou descobrindo que não era nada daquilo?
- Você já teve o dissabor de ouvir uma pessoa lhe dizer: Deus me mandou lhe dar esse recado. E quando ela deu o recadonão tinha nada a ver?
- Você já participou de uma igreja ou esteve em um culto onde voce recebeu uma profecia que não se cumpriu, mesmo quando o sujeito usou aquela famosíssima frase: Assim diz o Senhor?
- Você gostaria de ouvir Deus de verdade?

Se você respondeu sim a qualquer uma das 5 perguntas que lhe fiz, prepare-se, Deus quer falar com você hoje a noite.

O texto que lemos é um texto clássico do cristianismo. Tanto os evangélicos quanto os católicos trazem a lembrança esta texto de 1 Sm. 3, quando se trata da formação de novos vocacionados para o ministério. Relatando da iniciação de Samuel, que fora deixado no serviço do Templo em cumprimento a promessa feita por sua mãe Ana.

Mas o que será que podemos tirar de proveito deste texto para que possamos entender quando é Deus que fala?
Vamos tirar deste texto quatro princípios, que nos orientam para entendermos quando é o Senhor nosso
Deus que está falando conosco e podermos também ter a certeza de quando não é Deus quem falou.

1 - Voz de Deus é rara, v. 1

Amós 8:11 - diz que haveriam dias assim em que os homens correrão de um lugar para outro tentando ouvir Deus. Creio que já vivemos dias assim, conf. 2 Tm. 3:1-7 e 4:1-4.

2 - A voz de Deus nem sempre é discernível, v. 7-9

Não receba nenhuma voz, profecia ou recado de ninguém se Deus não tiver falado primeiro no seu coração, Cl. 3:15 conf. Fp. 4:7; Hb 13:9.
Não receba profecia ou recado de ninguém que não tiver um precedente histórico, At 2:25-28. Em seu discurso Pedro evoca a história de Israel relembrando as palavras do Rei Davi.
Não aceite ninguém lhe dizer em nome de Deus se não houver confirmação comunitária, 1 Co. 14:29; 2 Pe. 1:19-21.
Não aceite nenhuma palavra quando a profecia for totalmente previsível, 2 Rs. 22:12-14.
Não aceite nenhuma profecia que não se cumpra, Ef. 5:6.

Agora receba, se abra, queira toda a palavra que esteja conforme o "canon" das Escrituras, 2 Tm. 3:16-17, receba toda a palavra que vier trazer consolo, exortação e edificação. Receba toda a palavra que passar no teste dos "3 T".

"Ternura", "Temor" e "Tremor"
Receba a palavra de uma pessoa que tenha credibilidade,1 Sm. 3:19-20.
Receba toda a palavra que for específica para você,
1 Sm. 3:18.

3 - A voz de Deus é insistente, v. 10 - (longanimidade de Deus)

Existem pelo menos quatro grandes revelações de Deus no Universo:

- Deus fala conosco através da natureza, Sl 19:1-4. A natureza, a criação toda está declarando, proclamando aos homens que existe Deus.
2ª -
Deus fala através da consciência dos homens,
Santo Agostinho disse: "Nossa alma não encontra descanso enquanto nãoencontrar a Ti ó Deus".
3ª - Deus se revela através da história de Israel, 1 Rs. 18:36.
- Deus se revela na pessoa de Jesus Cristo, Hb. 1:1-3.

4 - A voz de Deus é sempre imprevisível, v. 11

Ninguém sabe o que Deus vai dizer até que Ele diga, Rm. 11:33-36
Tudo isso que eu disse até agora é a teoria, agora vamos a prática: Você quer ouvir Deus? Então saiba que:

- Somente ouvem a voz de Deus, aqueles que estão dispostos a aquietar o coração para distinguir a voz de Deus das outras vozes ao seu redor, Mt. 6:6.
- Saiba que ninguém pode ser seu intermediário, Tt. 2:11.
- Só ouvirão a voz de Deus aqueles que estiverem dispostos a arcar com qualquer que seja a consequência de Deus falar,At. 4:19-20; 9:15-16.

Mas ouvir a voz de Deus não tem só consequências, mas também tem benefícios eternos: Jesus disse: "...quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna...", Jo 5:24.
Samuel colheu bons frutos e
Deus o confirmou como profeta, v. 20-21.

Por isso Marta e Maria estando em ansiedade, Maria foi aos pés do Senhor Jesus, aquietou o coração, deixou a ansiedade para depois. Quando Marta quis repreendê-la Jesus afirmou que Maria havia escolhido a parte melhor.

Pr. Paulo Nunes
Igreja Batista Bereana – Itapetininga (SP)

Um comentário:

negao disse...

NOSSSA QUE LINDO PARABENS VC É SHOW BJOOOO