quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Literalmente

Literalmente descobri o sentido do Mito da Caverna.

Nossa!!!
É dolorido abrir os olhos e deparar com a imensa luz que vem do sol.
Desconforto é pouco para descrever a sensação de liberdade que sair da caverna proporciona.
Exatamente: desconforto = a liberdade. Uma paradoxal verdade. Realidade.

Quantas sombras visualizamos e pensamos que somos nós...
Até que um dia descobrimos que a sombra é apenas a sombra, que nem nossa é, pois pertence a algum outro objeto ou ser do qual nem ao menos tínhamos ciência de existir.

Enxergar além do além não é, nem de longe tão intrigante e sofrido o quanto olhar ilimitadamente para dentro de si mesmo e tentar descobrir-se como se é em essência.

Acho que vou enlouquecer tentando sair da caverna.
Desde que eu consiga olhar a luz do dia ao menos uma vez - enlouqueço convicta de que vale a pena o enlouquecer.


Viva a caverna, para que se saiba o valor da luz do sol!

Lauraine Santos.

Nenhum comentário: