sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

almas

No fundo,
acho q as nossas almas se procuram - penso q elas nunk se encontrarão.
Mas sem dúvidas, se procuram...

Sinto isso.
Percebo no seu olhar,
nos seus gestos,
nas suas não ditas palavras...

No seu silencio,
No seu fingimento.

Nossas almas se procuram sem saber,

Se procuram mesmo qndo esquecem que estão se procurando,

Mas se procuram como se não quisessem nada uma da outra...

Apesar de sabermos que querem, e o que querem... infelizmente, não podemos nos dar.
Não sei pq não, mas sei que não é não e fim.

Nossas almas jamais se encontrarão da forma que se procuram,
porém, satisfaço-me em saber que se procuram de igual forma,
em igual desejo, em igual intensidade, e o mais triste:
por ser em igual sigilo e veracidade.


mas... almas q se procuram, pode ser que um dia se encontrem.

prefiro nao escrever mais o q nao consigo sentir.


Lauraine Santos.
29-02-08

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

o q eh ser chato...

Chato é...

ah é chato,
chatoliudo.. mala...
chato nao se discute: é chato...
é aquele q vc ve de longe e diz: vai chuveeer ...

e sai todo mundo correndo pra se esconder...

rsrs... definições do mundo humano!!

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Quanto vale?!?

O som das armas,
a visão dos mortos,
o último abraço que não foi dado,
a sensação de perda,
a perda que nunca mais se achará!

a miséria comum,
a fome banalizada,
a esmola para trocar por votos,
a realidade inexpressa pelos jornais.

a vida valendo apenas até encontrar um punhado de pólvora,
e eu e você,
sentados,
lendo notícias mentirosas, incompletas e sendo "coniventes" com tudo o que dizemos repugnar!

quanto vale a sua vida?
quanto vale quem você ama?
quanto valem os seus ouvidos, para que você deixe o som dos tiros ecoarem na sua cabeça?!
quanto valem os seus olhos, para nos permitimos ver tamanhas crueldades!?

quanto vale a sua vida, pra continuar neste mundo sem tentar mudar?!
quanto vale a vida de quem você ama, pra não tentá-lo preservar?!

eu te pergunto o quanto vale!
Quanto vale ler tantas notícias,
ser culto e letrado, e não tentar, pelo menos TENTAR
impedir que esta Merda de democracia nazista e falsificada
destrua quem você ama?!?!?

QUANTO VALE, hem?!?

quanto... quanto vale..?!?!

Lauraine Santos... 09/02/2008
Vem, vamos embora Que esperar não é saber Quem sabe faz a hora Não espera acontecer...

Caminhando e cantando E seguindo a canção Somos todos iguais Braços dados ou não Nas escolas, nas ruasCampos, construções Caminhando e cantado E seguindo a canção...

Pelos campos há fome Em grandes plantações Pelas ruas marchandoIndecisos cordões Ainda fazem da flor Seu mais forte refrão E acreditam nas flores Vencendo o canhão...

Há soldados armados Amados ou não Quase todos perdidos De armas na mão Nos quartéis lhes ensinamUma antiga lição: De morrer pela pátria E viver sem razão...

Nas escolas, nas ruas Campos, construções Somos todos soldados Armados ou não Caminhando e cantando E seguindo a canção Somos todos iguais Braços dados ou não...Os amores na mente As flores no chão A certeza na frente A história na mão Caminhando e cantando E seguindo a cançãoAprendendo e ensinando Uma nova lição...
Composição: Geraldo Vandré.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Estou amando???.... Pouco não!!!!

Roupa Nova diz tudo... o q sinto é que amo, simplesmente amo cada dia mais!!

Amar!É quando não dá maisPrá disfarçarTudo muda de valorTudo faz lembrar vocêAmar!É a lua ser a luzDo seu olharLuz que debruçou em mimPrata que caiu no mar...Suspirar sem perceberRespirar o ar que é vocêAcordar sorrindoTer o dia todo prá te ver...O amor é um furacãoSurge no coraçãoSem ter licença prá entrarTempestade de desejosUm eclipse no finalDe um beijoO amor é estaçãoÉ inverno, é verãoÉ como um raio de solQue aquece, tira o medoDe enfrentar os riscosSe entregar...Amar!É envelhecer querendoTe abraçarDedilhar num violãoA canção prá te ninar...Suspirar sem perceberRespirar o ar que é vocêAcordar sorrindoTer o dia todo prá te ver...O amor é um furacãoSurge no coraçãoSem ter licença prá entrarTempestade de desejosUm eclipse no finalDe um beijoO amor é estaçãoÉ inverno, é verãoÉ como um raio de solQue aquece, tira o medoDe enfrentar os riscosSe entregar

domingo, 3 de fevereiro de 2008



Um

dia

após

o outro

...

essa

é

a

lei

imutável

da

vida

...

além

da

morte,

é

claro

!!!

sábado, 2 de fevereiro de 2008

meu mundo...

o mundo é uma bola quadrada de isopor
que flutua profundamente
dentro de um copo d'água vazio!!!!!
Lauraine Santos...